Get Adobe Flash player

Depilação

A depilação pode ser considerada um procedimento de higiene e bem-estar. Porém é praticada com objetivos estéticos, em função da moda e dos hábitos da sociedade e da cultura.

Para a depilação é necessário que a pele não se encontre em processos inflamatórios, tais como: Acnes, foliculites, herpes, micoses, psoríase, entre outras. Não há restrições nos casos de vitiligo, melasma (manchas causadas pela exposição excessiva ao sol, uso de medicamentos e disturbios hormonais), varizes.

A pele é a capa que recobre o corpo humano. Sua espessura varia de acordo com a região do corpo, com a faixa etária do individuo e com o gênero. A pele é formada por três camadas: epiderme, derme e hipoderme.

Os pelos são hastes queratinizadas produzidos pelos folículos pilosos. Sua espessura varia de alguns centésimos de milímetro até 0,30mm. O pêlo varia também em função da etnia. O pêlo é estruturado em duas partes: a raiz (que fica dentro do folículo piloso) e a haste ou talo (que fica fora do folículo piloso).

Em cada processo depilatório há formas diferentes para a remoção dos pêlos. Os processos com lâminas, alguns depilatórios elétricos, cremes e loções depilatórias fazem a remoção dos pêlos pelo corte dos mesmos na haste ou talo. Já os processos com ceras, eletrocoagulação, laser e pinça fazem a remoção pela raiz., promovendo assim um tempo maior entre uma depilação e outra.